REPRESENTATIVIDADE DAS COMUNIDADES NA PLTCVD

A PLTCVD – Plataforma a Associação Cabo Verde e Diáspora, Convida todas as comunidades da diáspora cabo-verdiana a se associarem a este projeto com o objetivo de congregar os esforços, os interesses, os conhecimentos, as experiências e as vontades a Diáspora cabo-verdiana onde ela esteja, também para ter voz na defesa dos interesses da comunidade com propostas, opiniões e intervenções em assuntos que se relacional com a comunidade ou elementos específicos da comunidade.

A plataforma convida todas as organizações (de qualquer país do mundo) a começar pelas associações representantes das comunidades, mas também com as empresas coletivas ou individuais, com os pessoas particulares, académicos, profissionais liberais e estudantes dos países de acolhimento, independentemente do numero de Cabo-verdianos aí residentes a se associarem, fazendo a sua inscrição através deste link: Associações – PLTCVD – Plataforma Associação Cabo Verde Diáspora: Inscreva aqui a sua Associação:

Para uma melhor organização, crescimento e funcionamento desta Plataforma, convidamos todas as comunidades a se auto organizarem e através de uma reunião para escolher por votação, cinco pessoas para representar a comunidade Cabo-verdiana no país de acolhimento, nas seguintes áreas: 1Educação e Cultura; 2-Desenvolvimento Local; 3-Desporto e Saúde; 4-Social e Relações Internacionais; 5-Eventos.

Cada grupo pode ter o numero de participantes que a comunidade considere pertinente para criar massa critica suficiente para manter um debate sempre vivo, critico e envolvente dentro das regras da boa convivência:

Recorda-se que a Plataforma não tem, nem pretende ter qualquer ligação aos partidos políticos de Cabo Verde, e que este processo é somente da responsabilidade da Sociedade Civil, por isso solicita-se que as pessoas que representam partidos políticos de Cabo Verde nesta comunidade não façam parte da organização, nem das pessoas nomeadas para representante da comunidade.

A iniciativa pode ser de qualquer entidade ou particular, e propomos que sejam convidadas a participar todas as organizações formais que representem a comunidade nesse País e o maior numero de pessoas possíveis de forma a que este processo seja reconhecido pela comunidade no seu todo.

Para que a coordenação da Plataforma possa acompanhar e dar todo o apoio possível neste ato, solicita-se a informação com pelo trinta dias de antecedência para: “plataformaassociacaocvdiaspora@gmail.com”

Solicita-se à organização que remeta a ata da reunião eletiva com a lista de presenças (para o e-mail acima), e uma foto dos participantes no inicio e no fim da reunião, com os nomes completos das pessoas “eleitas” (incluindo a morada, e o numero de telefone do watsup, e uma foto frente e verso do documento de identificação), para terem assento na Assembleia das Comunidades desta Plataforma que propomos realizar de seis em seis meses.

Grupo 1 – Área da Educação e Cultura 

  1. levar a história de Cabo verde e da África para as escolas
  2. Língua cabo-verdiana e sua afirmação
  3. Mapeamento de quadros e recursos humanos da área da educação
  4. Informação e acolhimento dos estudantes e formados em Cabo Verde na diáspora
  5. Papel dos pais encarregados de educação e tutores Na educação das próximas gerações

Grupo 2 – Área do Desenvolvimento Local e seguintes Subtemas:

  1. Mapeamento e estatística sobre os quadros e saber adquiridos da Diáspora
  2. Estudo sobre as segundas e terceiras gerações na Diáspora
  3. Saber quantos somos e onde estamos (atualização permanente da informação)
  4. Plano de Ação e Estratégia para a comunidade no país de residência
  5. Disseminação do Plano de Ação e da Estratégia para os elementos da diáspora em Cabo Verde

Grupo 3 – Área do Desporto e Saúde com os seguintes Subtemas:

  1. Trabalhar com pais, encarregados de educação e tutores para colocar as crianças no desporto
  2. Criação de uma equipa de agentes desportivos
  3. Envolvimento de desportistas e marcas desportivas de nesta estratégia
  4. Prática regular de exercícios físicos por todos os elementos da comunidade
  5. Promoção do envelhecimento ativo e passagem de testemunho para os mais novos

Grupo 4 – Área Social e Relações Internacionais e seguintes Subtemas:

  1. Órgãos de comunicação locais, organizações governamentais e internacionais
  2. Contatos com embaixadas em CV no país de residência (e embaixadas doutros Países)
  3. Contatos com entidades gestora das migrações no país de residência e organizações congéneres
  4. Aproximação e contato com representantes da União Europeia e organizações congéneres
  5. Estratégia de uso da informação sobre a comunidade, na diáspora e em Cabo Verde

Grupo 5 – Área de Eventos com os seguintes Subtemas:

  1. Identificar e mapear os projetos onde é possível realizar
  2. Elaboração de planos e parcerias
  3. Criação de um grande evento anual/bianual de ligação das Diásporas
  4. Promover encontros Empresários/Especialistas ou interdisciplinares (nu kre poi CV na mapa)
  5. Elaboração de agenda/roteiro eventos culturais
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp